Heroes of Olympus RPG

Missão para Filhos de Dionísio - Beach party, sex and drugs

Ir em baixo

Missão para Filhos de Dionísio - Beach party, sex and drugs publicado em em Qui Out 18, 2018 3:44 pm

Heroes of Olympus

Ao longe podia se ver as fogueiras queimando, com suas labaredas trepidantes, chicoteado o ar. A noite era de céu limpo e negro, com estrelas brilhantes salpicando o firmamento. O som dos mares se confundia com as vozes eufóricas dos campistas e uma brisa gostosa soprava gentilmente, não atrapalhando as comemorações da noite. Próximo às fogueiras haviam troncos para que os semideuses mais quietos sentassem e curtissem a festa mais tranquilamente. Uma enorme tenda branca foi montada para servir de pista de dança e alguns filhos de Hermes conseguiram uma iluminação digna das melhores boates americanas. Havia comida para todos os gostos e também marshmallows para serem assados nas fogueiras. Os filhos de Apolo organizaram duas apresentações, uma para o lado norte, com uma banda tocando os mais diversos ritmos, no lado sul, apenas uma roda de violão, com músicas mais tranquilas. E é claro, tinha a tenda com o melhor da música eletrônica. Um caminho de tochas foi feito para guiar os convidados até o luau. E ainda haviam as bebidas, de todos os tipos, sabores e teores alcoólicos. Com toda certeza as festas dadas pelos filhos de Dioniso eram as melhores.

Tudo estava pronto, agora era só aguardar os semideuses chegarem, Tess havia chegado um pouco antes para poder receber os primeiros convidados, quando a festa realmente começasse não haveria mais tempo para isso. Com uma taça de vinho nas mãos e um vestido sexy e deslumbrante a prole de Dionísio começava a receber os primeiros convidados, tudo estava correndo como o planejado. A morena ria ao imaginar a cara do Centauro com o tamanho da festa que eles haviam organizado.  Caminhando por entre a mesa do bar, a semideusa notou uma ânfora dourada, decorada com cachos de uvas e alguns arabescos espalhados por ela. Havia uma pequena inscrição —  “ Somente beba se sua mente estiver sã” — um recado simples e direto. Tomada pela curiosidade a morena destampou o recipiente e sentiu o doce aroma da bebida, que foi capaz de lhe embriagar apenas com o cheiro. Quando a serviu em uma taça transparente notou que a bebida era mais encorpada que os vinhos comuns e seu tom roxo era mais escuro. Quando tomou o primeiro gole sentiu seu palato  refestelar com o sublime sabor, era extasiante e também viciante.

A garota tomou a ânfora nas mãos e começou a andar pela praia, tomada por uma euforia que nunca havia sentido antes e que a impelia beber cada vez mais. Porém, de repente tudo mudou, a sensação de tontura era a pior que já havia sentido e quando ela menos esperava tudo escureceu. Tess ainda sentiu o baque de seu corpo contra a areia fofa, mas essa era a última coisa da qual ela se lembrava. Quando abriu os olhos sua cabeça ainda doía muito, sua visão era turva, mas sentiu a maciez das almofadas que aparavam sua cabeça. Levantou-se devagar, mas logo notou que não estava mais na praia, mas em um amplo salão com uma piscina, sustentando por enormes colunas de mármore branco. Suas roupas eram uma espécie de vestido branco, como os da antiga Grécia, bem como as jóias que a adornava. Era uma festa fantasia?

Curiosa com o que estava acontecendo, começou a explorar o lugar e notava que haviam outras salas e no centro uma espécie de praça com uma enorme estátua de Dionísio. Haviam pessoas bebendo por todos os lados, em um outro ambiente estavam em uma verdadeira orgia. Uma moça esbarrou em Tess e a encarou, oferecendo a taça a ela: — Vamos! Vamos celebrar em honra a Dionísio. —  Disse ela. A garota saiu a arrastando para o meio da celebração principal onde havia mulheres e homens nus dançando, outros cantando e todos bebendo cada vez mais. Mas o que mais chamou a atenção da semideusa foi quando deparou-se com uma mulher igual a ela, totalmente bêbada e no meio de uma verdadeira orgia com homens e mulheres. A garota que acompanhava Tess a cutucou e apontou com a cabeça para a sósia: — Aquela e a filha de Dionísio. Muito bela ela não acha? —  Ela levou a taça de vinho a boca e depois encarou a morena: — Você deve se entregar aos seus instintos. Só assim vai se conhecer. Somente aqui você será verdadeiramente livre. —  Ao final da frase roubou um beijo dela. Mas se entregar a sua loucura significava ficar eternamente presa ali.


Regras:


- Olá Tess, bem vindo (a) a missão da Tia Hécate.

- Narre o momento que chegou no luau e como foi ver tudo pronto e em perfeito funcionamento.

- Narre como foi acordar no meio do festival e como foi seu passeio por mais duas salas. Pode interagir com a npc se quiser.

-  Descreva como foi ver você mesma no meio do festival. Quanto mais pensamentos e emoções melhor.

- Só há uma maneira de sair. Derrotando a si mesma, lembrando que ambas tem o mesmo poder e as mesmas habilidades. Contudo, cuidado para não perder contato com uma parte de você. Seja criativa na batalha e encontre um meio termo para sair e não perder a conexão com você.

- Você pode escolher uma arma, mas sua cópia terá uma igual.

-Poderes em Spoiler. Sua cópia também será capaz de replicar seu poder.

- Qualquer dúvida: mp ou whats.


_________________
Hécate
Hécate Deuses Menores
avatar

Mensagens : 90

Data de inscrição : 30/09/2018

Localização : Nas sombras


Ficha do Semideus
Vida Vida:
100000/100000  (100000/100000)
MP MP:
100000/100000  (100000/100000)
Nível Nível: Divino

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissoes deste sub-fórum
Você não pode responder aos tópicos neste fórum