Heroes of Olympus RPG

Sexy ant the beach - Missão narrada Caliel

Ir em baixo

Sexy ant the beach - Missão narrada Caliel publicado em em Seg Abr 06, 2015 6:26 pm

mission and you Caliel

Um dia típico de verão, todo o acampamento, exceto Caliel, esta estava adormecida na praia. Acorda com o som da água, que batia calmamente na areia. Desnorteada, sente uma forte dor no joelho. (Ele está quebrado)  Ela estava usando trajes de banho(Biquíni). Não se lembra corretamente o que ocorreu. Ouve alguns passos pesados.

Nesse post
Eu quero especificamente:
Quero uma introdução, baseado na narração acima. Comece pelo período noturno do dia anterior e, pare ao ouvir os passos. Não narre exatamente como chegou ali, faça parcialmente, ou seja, com flashes.  

Instruções

  • Missão interna para Caliel
  • Prazo para postagem: 72 horas.
  • Local: Praia;
  • Horário: 08:00;
  • Clima: Céu aberto, sem nuvens. Calor infernal, temperatura de 35 °C;
  • Dúvidas  contate-me por MP;
  • Para pedir mais prazo, contate por MP;
  • NÃO utilize cores cegantes ou fortes demais;
  • Poderes, armas, itens, devem ser acrescentados em spoiler ao final do post.

Poseidon Deuses
avatar
Mensagens : 55

Data de inscrição : 22/03/2015

Idade : 19

Localização : Olimpo(Casa de Show RJ)


Ficha do Semideus
Vida Vida:
0/0  (0/0)
MP MP:
100/100  (100/100)
Nível Nível: Infinity

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sexy ant the beach - Missão narrada Caliel publicado em em Ter Abr 07, 2015 8:33 pm

smooter than a storm.

MY BLOOD IS A FLOOD 
OF RUBIES, PRECIOUS STONES
IT KEEPS MY VEINS HOT, THE FIRES FIND A HOME IN ME
A
lguém gritava com ela. Caliel não podia distinguir muita coisa, a exceção dos rostos confusos que se sobrepunham em sua mente, e, hora ou outra, alguma palavra em francês – muito embora, desde que tivesse saído de casa, não falasse na língua que aprendera desde que nasceu. Algumas das suas irmãs sorrindo... Era uma confusão, mas bem, ela estava acostumada com a confusão e o tumulto. 
{...}

A noite não estava quente demais, mas ela sentia sua pele queimar. Estava com raiva de alguma coisa. Tinha certeza de que estava, embora fosse apenas uma sensação frágil, mas Caliel sabia que não lidava bem com sentimentos fortes como raiva. Ela sempre agia sem pensar.

{...}

O barulho dos ossos quebrados veio junto com a dor. A garota não pode evitar gritar ao sentir seu joelho praticamente partir ao meio, ao mesmo tempo em que sentia seus olhos queimarem com as lágrimas que vieram, mas se obrigou a engolir o choro.  Ela odiava sentir dor, e, ali, sentia-se inútil. Indefesa. Odiava ainda mais sentir-se assim.

Talvez pela dor ou pelo cansaço, desmaiou.

Então tudo se tornou uma escuridão gentil e calma.

{...}

O barulho suave e o movimento lento da água contra a areia quente acordou a garota. Primeiro, lentamente, as vozes se esvaneceram, e então acordou de uma vez. Abriu os olhos, sentindo a luz daquele sol infernal queimá-los, impedindo-a de ver alguma coisa. Respirou fundo, piscando um par de vezes antes de conseguir olhar à sua volta.
A praia. A praia do acampamento, para ser precisa, se estendia ao seu redor, com sua areia clara e uniforme e o mar azul cristalino. Tudo bem, não era a primeira vez em que acordava em um lugar desconhecido, embora a sensação de sua cabeça rodando não lhe agradasse.

Sussurrou um palavrão em francês, sentindo que provavelmente explodiria de dor de cabeça. E como diabos havia ido parar ali?! Ela sequer gostava de praias! Moveu-se lentamente, até seu joelho doer de uma forma absurda. 

“Que droga Caliel! O que você fez agora?”

Ainda sentindo a dor lancinante, percebeu as roupas que usava (ou a falta delas): O biquíni azul e preto, pequeno e bastante revelador. Não que Caliel realmente tivesse problemas em mostrar seu corpo... Mas como ela havia acabado de biquíni, com um joelho provavelmente fraturado, sozinha e dormindo na areia? 

Sua cabeça doeu um pouco mais conforme alguns momentos da noite anterior surgiam em sua mente. 

“Caliel sentia um misto de sensações enquanto mergulhava na água gelada da praia do Acampamento. Mergulhou, segurando a respiração até que seus pulmões queimaram pela falta de oxigênio. Estava brava, com muita raiva, mas também sentia um misto de... Pena. De si mesma e das pessoas ao seu redor. Não gostava da maioria.

Voltou à superfície, nadando habilidosamente de volta à areia. Tinha a estranha sensação de estar sendo observada, e isso a incomodava de uma maneira que não sabia expressar”.

A garota apertou os olhos como se pudesse trazer de volta a noite anterior... Não que tivesse muita certeza de que queria lembrar. Ela sempre fazia o que não devia – e realmente estava se esforçando para não causar problemas ali também. Mas, aparentemente, parecia impossível.

Certo. Não adiantava em nada ficar ali, como uma inútil. Tocou o joelho, mordendo o lábio inferior com força para não gritar de dor, como se realmente pudesse fazer alguma coisa. Não sabia quase nada sobre primeiros-socorros. Esforçou-se para pensar claramente, procurando por qualquer coisa que pudesse ajudá-la. 

Foi quando sua mente deu um estalo: Sua bolsa. Ela sabia que deveria ter deixado a bolsa em algum lugar, porque não era tão idiota assim. Esforçou-se para procurar à sua volta por algum sinal de que, Deuses a ajudem, não estivesse tão louca assim na noite anterior para ter simplesmente esquecido de trazer ao menos uma toalha ou roupas.

Distraída, Caliel sobressaltou-se quando ouviu os pesados passos que se aproximavam. Amaldiçoou-se por estar ali, inútil e vulnerável, com uma dor insuportável.

Deuses... Caliel esperava não estar muito ferrada.


Mission 001 x Yellow Flicker Beat x clothes
Lexa & Maya
Caliel L. White Filhos de Afrodite
avatar
Mensagens : 15

Data de inscrição : 22/03/2015


Ficha do Semideus
Vida Vida:
100/100  (100/100)
MP MP:
100/100  (100/100)
Nível Nível: 1

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissoes deste sub-fórum
Você não pode responder aos tópicos neste fórum